Quanto de renda variável colocar na carteira?

Alguns de nossos leitores nos perguntaram sobre a tal da “Regra dos 100”, que as vezes é utilizada para nortear, na carteira de investimentos, o equilíbrio entre a porção de renda fixa e a porção de renda variável.


Nesta regra, relaciona-se a idade do investidor com o número 100 (ou 80, ou 60, dependendo do conservadorismo de quem a aplica ou sugere), da seguinte forma:


Porção de renda variável (%) = 100 – idade do investidor


Porção de renda fixa (%) = 100% - o resultado da subtração aí de cima


Exemplo: seguindo a regra dos 100, um investidor de 25 anos deveria destinar 75% de sua carteira para renda variável e 25% para renda fixa.

Essa regra é válida?

A resposta é basicamente a mesma que você ouvirá sempre que o assunto é investimentos: Depende! Depende sempre do seu perfil e dos seus objetivos como investidor.


A regra é bastante válida para chamar atenção para a possibilidade de tolerância dos mais jovens para correr riscos: o motivo é muito simples – quanto menor sua idade, maior o tempo disponível para esperar a recuperação da Bolsa em casos de quedas acentuadas ou grandes períodos de instabilidade política ou econômica.


Mas muitos outros fatores importantes para a decisão de onde alocar os recursos ficam de fora dessa regra! Como, por exemplo, a maturidade do investidor face a oscilações do mercado, além dos objetivos com o investimento: para aqueles de curto prazo ou com data fixa e conhecida, não é interessante estar sujeito a grandes oscilações.


E o que considero mais importante nessa regra é que ela, de modo singelo, permite entender que o perfil de investidor pode e deve alterar-se com o tempo. Mas junte também a maturidade, objetivos e a situação e política econômica do país.



  • Instagram - White Circle
  • Facebook - Círculo Branco

32.352.944/0001-14

(62) 3995-4643 / (62) 98232-7694

Escola Ciano - 13º andar, Ed. New Business Style. 

Av Jamel Cecílio 2496 - St. Jd. Goiás, Goiânia - GO 

A Ciano é uma escola de finanças e investimentos, não prestamos consultoria em valores mobiliários.

588px-WhatsApp_logo-color-vertical.svg.p